Como funciona o crédito fumaça?

Entenda como funciona o crédito fumaça

 

O crédito fumaça tem se tornado uma opção cada vez mais popular no mundo dos negócios, especialmente para pequenas e médias empresas que buscam soluções de capital de giro para impulsionar suas operações. Essa modalidade de crédito tem se mostrado eficiente e flexível, oferecendo às empresas uma fonte de financiamento rápida e acessível para suprir suas necessidades de caixa.

 

Neste artigo, exploraremos em detalhes o que é o crédito fumaça, sua importância para as empresas e qual é a relação desta fonte de capital de giro empresarial com recebíveis de cartões.

 

→ Acesse a página da Destrava Aí e descubra como podemos ajudar!

 

O que é o crédito fumaça?

 

Em termos simples, o crédito fumaça é uma linha de crédito que utiliza os recebíveis futuros de uma empresa como garantia. Em outras palavras, a empresa obtém recursos financeiros com base em suas vendas que serão realizadas no futuro, ou seja, que serão pagas pelos clientes no futuro. Essa forma de crédito é especialmente útil para empresas que enfrentam dificuldades de caixa devido ao descompasso entre os prazos de recebimento de seus clientes e seus próprios compromissos financeiros.

 

Benefícios do crédito fumaça

 

Pequenas e médias empresas muitas vezes enfrentam desafios na obtenção de capital de giro, pois têm menos acesso a linhas de crédito tradicionais oferecidas por bancos e instituições financeiras. O crédito fumaça surge como uma alternativa viável, pois permite que essas empresas utilizem um ativo que possuem - seus recebíveis de cartões - como garantia para obter o capital necessário para financiar suas operações.

 

Uma das principais vantagens do crédito fumaça é a agilidade na liberação dos recursos. Diferentemente dos empréstimos tradicionais, que geralmente envolvem um processo burocrático e demorado, o crédito fumaça pode ser obtido de forma rápida e descomplicada. Isso é especialmente importante para empresas que precisam de capital de giro imediato, para aproveitar oportunidades de crescimento ou lidar com emergências financeiras.

 

Além disso, o crédito fumaça é flexível, permitindo que as empresas utilizem os recursos obtidos da maneira que melhor atenda às suas necessidades. Seja para investir em estoque, pagar fornecedores, financiar campanhas de marketing ou qualquer outra demanda operacional, o crédito fumaça oferece a liberdade de utilizar o capital de giro de acordo com as prioridades da empresa.

 

Como conseguir crédito fumaça?

 

1.-Banner-sobre-operação-de-crédito-(800x628)

Uma das formas mais comuns de obter o crédito fumaça é através das garantias em recebíveis de cartões. Muitas empresas, especialmente aquelas que atuam no varejo, recebem pagamentos de seus clientes através de cartões de crédito ou débito. Esses recebíveis futuros podem ser utilizados como garantia para obter o crédito fumaça. As instituições financeiras que oferecem essa modalidade de crédito analisam o histórico de vendas da empresa e a saúde financeira de seus clientes, para determinar o valor que pode ser disponibilizado como crédito.

 

As garantias em recebíveis de cartões são uma opção interessante para empresas que possuem um fluxo de vendas estável e previsível. Essa modalidade de crédito permite que elas utilizem os valores que serão pagos pelos clientes no futuro, como uma fonte imediata de recursos financeiros. É importante ressaltar que, ao optar pelo crédito fumaça, a empresa deve estar ciente de que os recebíveis futuros serão utilizados como garantia e, portanto, estar preparada para gerenciar seu fluxo de caixa de forma eficiente.

 

Diferença entre crédito fumaça e antecipação de recebíveis

 

A diferença entre o crédito fumaça com garantia em recebíveis de cartões e a antecipação de recebíveis de cartões reside na natureza da garantia utilizada para a obtenção dos recursos financeiros. Na antecipação de recebíveis de cartões, a empresa utiliza as vendas já efetuadas por meio de cartões de crédito como garantia, para adiantar o valor que receberia em prazos habituais. Ou seja, a empresa recebe antecipadamente os pagamentos que receberia no futuro (de acordo com os prazos de liquidação - 30, 60, 90 dias, etc - a depender do número de parcelas).

 

Por outro lado, no crédito fumaça com garantia em recebíveis de cartões, a empresa utiliza as vendas futuras estimadas, como base para obter o crédito. Nessa modalidade, o financiador avalia o histórico e as projeções de vendas com cartões da empresa, permitindo que ela obtenha linhas de capital de giro empresarial, com base nas estimativas de recebíveis futuros.

 

Enquanto a antecipação de recebíveis de cartões envolve transações já realizadas e concretizadas, o crédito fumaça com garantia em recebíveis de cartões está fundamentado nas vendas futuras, que serão realizadas por meio de cartões.

 

→ Descubra mais detalhes sobre a diferença entre crédito fumaça e antecipação de recebíveis neste artigo.

 

Conclusão

 

Em resumo, o crédito fumaça é uma alternativa valiosa de capital de giro para pequenas e médias empresas. Ao utilizar os recebíveis futuros como garantia, as empresas têm acesso a recursos financeiros de forma rápida e flexível. Através das garantias em recebíveis de cartões, é possível aproveitar o fluxo constante de vendas para obter o crédito necessário. No entanto, é fundamental que as empresas avaliem cuidadosamente sua capacidade de gerenciar o fluxo de caixa e honrar os compromissos financeiros assumidos. O crédito fumaça pode ser uma ferramenta poderosa para impulsionar o crescimento empresarial, desde que seja utilizado de forma consciente e estratégica.

 

Destrava Aí é a solução completa para escalar ofertas de crédito com recebíveis de cartões. Fintechs, subadquirentes, FDICs, distribuidores e franqueadores usam nossa infraestrutura para aumentar a concessão e a recuperação de crédito. Nossa solução permite que empresas que querem aumentar sua concessão e recuperação de crédito possam fazê-lo de forma segura e escalável através de nossa infraestrutura especializada em recebíveis de cartões.

→ Fale com um especialista e conheça nossa solução!

Veja Também

Chargeback: O que fazer quando o cliente cancelar a compra de cartão de crédito

7 jan, 2023

Conheça 5 registradoras de recebíveis autorizadas pelo Banco Central

22 nov, 2022

O que é cessão fiduciária?

12 jan, 2023

Qual a diferença entre alienação e cessão fiduciária?

21 jun, 2023