Conciliação de recebíveis versus Conciliação bancária: Entenda os conceitos

Você sabe a diferença entre conciliação de recebíveis e conciliação bancária?

 

A conciliação bancária e a conciliação de recebíveis, fazem parte do planejamento financeiro da empresa, se tornando iniciativas estratégicas para o negócio. As conciliações financeiras têm como objetivo conferir se os relatórios de vendas ou extratos bancários com saídas e entradas, estão compatíveis com o que foi apurado em determinado período (mensalmente, semanalmente, diariamente).

 

Existem dois tipos de conciliações com diferentes objetivos em sua gestão financeira: A conciliação de recebíveis e a conciliação bancária. Em resumo, tratam-se de duas análises que monitoram o que entra e sai do seu caixa, porém, são duas análises diferentes.

 

Neste artigo, vamos trazer quais são os objetivos de cada uma dessas conciliações, entendendo quais benefícios cada uma delas traz para o seu negócio. Além disso, você entenderá o que cada uma dessas conciliações tem de diferente, quais impactos cada uma delas apresenta no planejamento estratégico de sua empresa e sua vantagens.

 

Conciliação de recebíveis: Confiabilidade em suas vendas de cartões

 

1.-Banner-sobre-operação-de-crédito-(800x628)

A conciliação de recebíveis de cartões é um processo de conferência das vendas, das taxas cobradas pelas operadoras de cartões, do valor líquido a ser recebido e do que foi recebido em sua conta bancária.

 

Ela abrange todas as transações que você tem a receber em cartões de débito e crédito. Fazer o controle dos seus recebimentos de cartões, é um processo muito importante para a saúde do seu negócio e o ajuda na conferência das transações que você tem a receber, com o que é esperado em seu fluxo de caixa.

 

Ao contrário da conciliação bancária, que abrange saídas como contas a pagar, a conciliação de recebíveis engloba tudo que entrará em seu caixa, a partir de vendas realizadas com cartões de débito e crédito.

 

Por que a conciliação de recebíveis é importante?

 

A conciliação de cartões é essencial para a gestão financeira do seu negócio, afinal, ela traz benefícios relevantes para quem vende com cartões, sendo eles:

 

  • Controle contra fraudes e erros manuais;
  • Redução de chargebacks;
  • Confiabilidade nas informações;
  • Otimização de tempo;
  • Gestão de custos (Taxas e tarifas).

 

Com esses benefícios, fica mais fácil entender a importância da implantação desse processo em seu negócio. Ficar sem um sistema de conciliação de cartões, principalmente para quem atua com varejo, representa uma grande complexidade e uma barreira ao crescimento do seu negócio. Sem este processo em sua gestão financeira, você pode ficar exposto a riscos como: fraudes, chargebacks e inconsistências que podem comprometer a saúde financeira da sua empresa. Após a implementação de uma conciliação de recebíveis de cartões, você terá visibilidade dos valores brutos, líquidos e taxas de cada venda.

 

A partir desse processo, você visualizará os valores líquidos que serão creditados em sua conta bancária, constituindo parte do seu contas a receber. Embora você já tenha conciliado parte dos recebimentos que entraram em seu caixa, podem existir outros meios de pagamentos dentro da sua operação, portanto, não deixe de lado a conferência desses valores também.

 

Logo após o valor ser creditado em sua bancária, você precisará conferir se os valores estão de acordo com os valores estimados e é a partir desse momento, que é executada a conciliação bancária.

 

Conciliação bancária: Controle todas as movimentações bancárias

 

A conciliação bancária é um processo de gestão financeira, onde é feita a comparação das entradas e saídas no extrato bancário, com os controles internos da empresa.

 

Como mencionado, é um processo dentro da sua gestão financeira que, não leva em consideração apenas o que entra na conta bancária da empresa, mas também o que sai dela. É um dos controles essenciais para você que deseja entender as entradas e saídas do seu caixa e, consequentemente, poder apurar os custos que você tem com sua organização, sejam eles: tarifas bancárias, empréstimos, pagamentos de contas entre outros.

 

Na prática, o processo de conciliação bancária se refere a conferência de seus controles internos, como: planilhas, relatórios, cheques, recibos de pagamentos, notas fiscais, ou softwares de controle de caixa, com o extrato da sua conta bancária. Através deste processo, você analisa todas as entradas em sua conta e todas as saídas também, se tornando uma análise valiosa na vida de qualquer negócio.

 

Por que é importante conciliar minha conta bancária?

 

A conciliação bancária tem como objetivo conferir se todas as entradas e saídas de sua conta estão alinhadas com seus controles internos. Dentre os benefícios que a conciliação bancária pode trazer para o seu negócio, destacamos:

 

  • Identificar fraudes internas;
  • Ter um controle mais efetivo das movimentações financeiras;
  • Garantir um saldo bancário confiável;
  • Melhorar o planejamento orçamentário;
  • Melhorar a previsão de fluxo de caixa;
  • Visão de todas as saídas do seu caixa;
  • Identificar oportunidades para cortes de custos;
  • Visão de todas as entradas líquidas;

Esse processo trará uma visão clara de sua posição de caixa, o ajudando a identificar e se antecipar a necessidades de capital de giro, por exemplo. 

 

Assim, você poderá se planejar e buscar linhas de crédito com taxas mais competitivas, como o crédito fumaça, por exemplo, dado que terá a visão dessa necessidade de caixa de forma antecipada. Como exemplificado, com a conciliação bancária, é possível entender rapidamente qual ou quais motivos poderão resultar em quebras de caixa no futuro e, pensar estrategicamente qual o posicionamento ou ação tomar para corrigir o curso.

 

Conciliações de cartões e conciliações bancárias são essenciais para um gestor financeiro

 

Sabemos que o dia a dia do gestor financeiro é cheio de compromissos e responsabilidades e que, o processo de conferência do caixa é bem trabalhoso, se feito manualmente. As conciliações vieram para otimizar o tempo do gestor financeiro e trazer mais confiabilidade nos dados obtidos, para que não ocorram erros ou surpresas no momento de fechamento de seu caixa.

 

Agora que você entendeu quais os principais objetivos de cada uma das conciliações, podemos dizer que tanto a conciliação de recebíveis quanto a conciliação bancária citadas neste artigo, são essenciais na vida do(a) gestor(a) financeiro das empresas.

 

Embora sejam análises diferentes, as duas conciliações tem o mesmo objetivo:

 

  1. Reduzir possíveis custos;

  2. Mitigar possíveis erros e quebras de caixa.




Ter o processo de conciliação de recebíveis de forma integrada ao seu sistema financeiro já é uma realidade! Discorremos sobre o assunto neste artigo. São diversos os benefícios que você poderá contar com uma gestão integrada de recebíveis de cartões o que, consequentemente, trará como resultado uma boa gestão financeira.

 

Destrava Aí é a solução completa para escalar ofertas de crédito com recebíveis de cartões. Fintechs, subadquirentes, FDICs, distribuidores e franqueadores usam nossa infraestrutura para aumentar a concessão e a recuperação de crédito. Nossa solução permite que empresas que querem aumentar sua concessão e recuperação de crédito possam fazê-lo de forma segura e escalável através de nossa infraestrutura especializada em recebíveis de cartões.

→ Fale com um especialista e conheça nossa solução!

Veja Também

Chargeback: O que fazer quando o cliente cancelar a compra de cartão de crédito

7 jan, 2023

Conheça 5 registradoras de recebíveis autorizadas pelo Banco Central

22 nov, 2022

O que é cessão fiduciária?

12 jan, 2023

Qual a diferença entre alienação e cessão fiduciária?

21 jun, 2023